Projeto “Querido Alguém”

Uma carta nunca carrega somente uma mensagem. Leva consigo o toque, o cheiro, a dedicação, o cuidado, a escolha minuciosa de cada palavra, leva um ritmo próprio, como de uma canção que só vai escutar quem vai ler.

Pela necessidade, eu escrevi muitas cartas. Eram para os amigos, para os ídolos, para a família, para o namorado. E hoje, ainda gosto de ter, pelo menos um pouco desse hábito, agora não por necessidade, mas pelo puro deleite que essa atividade me proporciona e pela marca que deixa em quem recebe.

Agora imagine quantas pessoas que, viveram nessas épocas, hoje não recebem cartas. Aliás, muitas não recebem nem visitas, seja em hospitais, lar de idosos, entre outras instituoções. Que tipo de emoção e surpresa poderiam ter ao receber esse gesto de carinho de um alguém? Mesmo que seja um alguém que não se conhece, mas um alguém que dedicou seu tempo, seu toque, seus pensamentos, sua energia e suas palavras para deixar o dia do outro melhor, tirar um sorriso, acolher uma dor, dar esperança, aplacar um pouco a solidão, não importando quem seja.

Por isso nasceu o “Querido Alguém”, um projeto voluntário que visa ligar corações que querem espalhar suas palavras por aí com pessoas que precisam delas.

Ainda em período de teste, mas com muita esperança de que será uma experiência incrível!

Então para resumir, vamos lá:

O que é?

Projeto Voluntário que consiste no envio de cartas para instituições (inicialmente asilos e pessoas enfermas) com o objetivo de levar palavras de apoio, encorajamento e carinho.

Como funciona?

Vamos receber as cartas escritas pelos voluntários de um lado e do outro vamos receber as instituições que desejam receber as cartas. Nosso papel é ligar esses dois lados, não importa em qual cidade estejam.

Faremos uma pequena seleção para que se mantenha sempre mensagens positivas e que agregarão na vida de quem as receber. Depois vamos envelopar, nominar e enviar para as instituições com todo o cuidado e carinho, de acordo com o perfil e a quantidade de pessoas atendidas.

Os nomes completos e os endereços dos escritores das cartas serão mantidos em sigilo, mas o amor e o carinho chegarão rapidamente.

Quero ser voluntário(a) escrevendo cartas. Como faço para participar?

Participar é bem simples e fácil. Você vai escrever uma ou quantas cartas quiser, à mão, e entrar em contato comigo pelo WhatsApp (67) 98110-5772 que combinamos o envio delas.

Não há obrigatoriedade de frequência e nem quantidade de cartas a serem escritas. Você pode escrever à medida que sentir vontade.

Mesmo que você não saiba exatamente a pessoa que irá receber sua carta, escreva para levar amor e carinho. Você pode contar uma história, escrever um poema, uma poesia, desejar coisas boas e outras coisas que só saberá na hora de escrever.

Não se preocupe com o tipo de papel e nem caneta, o conteúdo é sempre o que importa.

Assine a carta, será importante para quem receber.

Como é um projeto totalmente voluntário, o custo de envio da sua carta até a nossa Caixa Postal é sua. E o custo de entrega das cartas às instituições é nossa.

Não é necessário enviar carta registrada, envie por envio simples mesmo, é mais em conta e assim não comprometemos ninguém financeiramente.

Se preferir, também pode mandar mais de uma carta em um mesmo envelope.

Não há como a gente saber, exatamente, quem receberá sua carta e não é esse o intuito do projeto, mas quem quer que receba sentirá sua energia e você sentirá a gratidão dela, esse é o maior objetivo.

O cadastro abaixo não é obrigatório, mas é bem interesse para que a gente possa te conhecer melhor!

Formulário de cadastro de escritores

Instituições que querem receber as cartas

Se você trabalha em alguma instituição, em qualquer lugar do Brasil, e deseja receber a remessa de cartas, basta acessar o formulário a seguir e preencher os dados. Logo mais, entraremos em contato com você para combinarmos o envio.

Formulário de cadastro de instituições

Ficou alguma dúvida? É só mandar um e-mail para projetoqueridoalguem@gmail.com