Maternidade e Família

[Mãe Empreendedora] Como flexibilizar o horário de trabalho sem se perder

Se você fizer uma pesquisa sobre os motivos que levam as mães a quererem empreender, entre eles com certeza ouvirá a palavra flexibilidade, falamos disso no post Por quê as mães querem empreender. São muitos os trabalhos hoje que possuem a possibilidade de adequar seu horário de trabalho à rotina da mãe empreendedora, alguns mais, outros menos.

Acontece que muitas vezes, justamente a possibilidade de flexibilizar pode ser uma armadilha. Surgem imprevistos, as horas passam rápido e mal conseguimos trabalhar. No fim do dia fica aquela sensação de que era mais fácil quando batíamos ponto na empresa.

Junto com a liberdade vem uma grande responsabilidade de saber gerenciar e flexibilizar de maneira correta o tempo de trabalho, porque, por mais que tenhamos optado pelo empreendedorismo para ter flexibilidade, a empresa precisa de dedicação sim, e exige muitas vezes muito mais tempo do que em nossos antigos empregos.

E ainda tem o outro lado, tem as vezes em que queremos compensar trabalhando todo o tempo, e aí aquela razão de estar mais perto dos filhos se torna um grande estresse.

Anote seu tempo de trabalho

É importante que você anote e tenha noção de quanto tempo se dedica ao trabalho no dia. Você pode controlar isso em uma planilha, na agenda ou em um caderno. Aqui por exemplo, meu horário de trabalho é bem picado por causa dos horários das meninas, mas eu tenho uma meta semanal mínima de horas de trabalho.

Como eu faço: eu anoto na agenda as horas trabalhadas em cada turno e depois passo tudo isso para uma planilha onde tenho uma visão geral. Se em um dia eu trabalhei menos por qualquer motivo, tento compensar no outro e por aí vai. A ideia aqui é ter um equilíbrio. Claro que em muitos momentos, há a necessidade de se trabalhar mais por alguma demanda. Mas dessa forma, no dia a dia eu consigo ter um equilíbrio maior do tempo dedicado ao trabalho e às outras coisas.

Divida suas tarefas por nível de concentração

Em todo negócio temos sempre aquelas tarefas que exigem um nível maior de concentração e outras que conseguimos fazer quase que no piloto automático. Ou seja, tem aquelas que vamos precisar nos desligar um pouco do que está acontecendo ao nosso redor e outras que podemos fazer com mais facilidade. Se você conseguir identificar cada uma dessas tarefas, sua execução fica mais simples e pode ir adiantando algo nos momentos que puder.

Por exemplo, escrever é algo que preciso de mais concentração, assim como fazer os planos de ação das clientes. Essas tarefas só faço quando as meninas estão na escola e eu fico sozinha concentrada. Agora, responder comentários das redes sociais por exemplo, eu consigo fazer sem precisar me desligar do mundo ao meu redor.

Para gerenciar tarefas eu uso o Todoist e lá eu coloco as etiquetas de baixo e alta concentração para me guiar na hora da execução.

Tempo para cada coisa

Eu sei que somos capazes de fazer muitas coisas ao mesmo tempo e em muitos momentos do dia fazemos isso. Outras vezes precisamos fazer, mas seria muito bom se não fosse uma regra. Eu sei que dentro do empreendedorismo materno há muitas realidades, por isso é até difícil falar de algo ideal. Mas dentro da possibilidade de cada uma, ter um tempo destinado somente ao trabalho seria muito bom! Isso porque, sem interrupções conseguimos focar e sermos mais produtivas, sobrando mais tempo assim para ficar com os filhos, dentro da possibilidade de cada um, claro.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário