Leituras

Livro da vez: Pai rico, pai pobre

Já tinha um tempo que uma amiga havia me indicado esse livro, e aí eu estava lendo outros e fui deixando. Até que fiz uma viagem de carro eu tinha um dia todo para ler alguma coisa e o li em um dia, rs…

Ele não é um livro longo, é até bem gostoso de ler. No começo achei que era só mais um daqueles livros que nos pregam um modelo de vida com muita riqueza, mas a verdade é que ele traz conceitos e dicas bem interessantes para qualquer pessoa.

Do que o livro fala

O livro se baseia na própria história de vida do autor, Robert Kiyosaki, e como os ensinamentos do pai biológico (quem ele chama de pai pobre) e seu mentor, que era pai de um amigo (o pai rico) impactaram sua vida. É muito interessante como cada um tem um modo diferente de ver a vida e o dinheiro e como os dois pontos de vista influenciaram a vida do autor.

Ele fala da relação com o trabalho formal e sobre ter negócios a parte. E negócio no caso dele, não é nossa empresa ou emprego, são investimentos que fazemos (ativos). Em outras palavras, é você fazer seu dinheiro trabalhar pra você sem você precisar estar fisicamente no local. Você continua trabalhando no seu emprego ou na sua empresa, no nosso caso aqui, mas aprende como investir para que seu dinheiro te dê retorno. Segundo eles, somos ensinados a trabalhar pelo dinheiro, mas não fazer o dinheiro trabalhar pra gente.

É sobre investimentos, sobre a forma de ver o dinheiro e nossa relação com ele. Também é sobre negócios, escalar, fazer o negócio crescer. Apesar de não ter muito a ver comigo, acho que é sempre bom ler coisas que dão uma outra visão, um outro ponto de vista e o livro me trouxe exatamente isso. Despertou em mim uma necessidade maior de melhorar meus conhecimentos acerca do assunto.

Outro ponto legal é que ele alerta é da falta de educação financeira nas escolas e dentro das famílias. É uma coisa cultural, parece ser feio falar de dinheiro. Mas dessa educação é que surge uma relação saudável com o trabalho e o dinheiro.

Motivos para ler Pai rico, pai pobre

O livro tem muitas dicas legais, pequenas e que dá pra aplicar no dia a dia e que também vai alterar nosso modo de nos planejarmos financeiramente.

Também mostra algumas visões de quem trabalha com investimentos e nos dá uma nova perspectiva de empreendedorismo, principalmente em uma cultura bem diferente da nossa, mas que não deixam de ser dicas bacanas. Pra quem está começando a empreender, acho um livro bem legal.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário