Vida e Cotidiano

Escreva um diário

Durante a leitura do livro Essencialismo: a disciplinada busca por menos, o autor Greg McKeown revela que há mais de 10 anos mantém um diário. O diário para ele é uma terapia, mas também um poderoso instrumento de trabalho e de autoconhecimento.

E não só dele, claro! É uma prática muito antiga e passa bem longe de um hábito de adolescentes. Famosos, anônimos, os diários sempre foram utilizados para diversos fins, quantos deles hoje não são documentos históricos, viraram livros e filmes?

Mas no livro, Greg dá um outro sentidos aos diários e algumas dicas para manter um. A verdade é que ele associa o hábito de escrever em diários com a uma vida mais essencialista. Ou seja, além de todo o efeito terapêutico e prático (de ajudar a organizar as ideias e esvaziar a mente de coisas) o diário acaba sendo um excelente exercício de autoconhecimento que auxilia na tomada de decisões a longo prazo.

Quando você compreende seu comportamento, os caminhos para momentos de paz e o que te tira do sério. O padrão daquele dia que foi mega produtivo ou o porque você ficou tão irritado com uma certa situação, busca soluções para os problemas e repetir os mesmos gatilhos positivos.

Você também começa a refletir o que faz sentido na sua vida, pensa, reflete e se observe o que de fato vale a pena e o que é de fato essencial.

Ao escrever e descrever as sensações o que desencadeia as coisas boas e ruins, ao descrever suas pequenas conquistas, ao escrever o que te preocupa, o que você sonha, você está literalmente escrevendo a história da própria vida e com esse livro em mãos, é mais fácil conhecer este personagem e dar a ele um final diferente, mudar a história.

Tenho mais uma notícia! Se você gosta de escrever ou o faz como profissão nem preciso dizer o quanto manter um diário vai fazer diferença na sua escrita e criatividade.

Dicas para começar e manter um diário

Eu já tive vários diários, desde adolescente. Tentei manter alguns depois de adulta, mas nunca consegui escrever mais que um mês seguido. Estou recomeçando, confesso que este começo não é nada fácil. Precisa virar um hábito e sabemos que hábito não é algo muito simples e fácil da gente adquirir.

Então vou pegar as dicas do Greg que são as que estou seguindo para te ajudar também a começar e principalmente manter um diário, seja qual a finalidade que quer dar para ele: comece escrevendo menos do que gostaria, todos dias. Isso porque, se no primeiro dia você escrever demais, o segundo não será tão animador assim, concorda?

A ideia é focar no lead do seu dia, a essência dele, o que de fato é importante, ou melhor essencial. Lead, em resumo, no jornalismo é aquela parte da notícia que só lendo ela a gente entenderia do que se trata todo o resto. Aliás, como diz o próprio autor, antigamente os jornais se chamavam diários e isso deve ter um sentido não é?

Crie mecanismos de inserir o diário na sua rotina e aí pode ser desde colocar na agenda, pregar um cartaz na sua cabeceira, até carregar ele junto com você. Você sabe o que funciona na sua vida!

Onde fazer seu diário

Enquanto pesquisava para escrever este texto fiquei pensando em como não existe um lugar 100% de se guardar nada nessa vida né? Porque nem na cabeça da gente é garantia de que não se perderá no esquecimento.

Então, onde você vai manter seu diário é só uma questão de preferência e estilo de vida. Claro que, com certeza, existem lugares mais seguros que os outros, não tenho dúvida, mas nada 100%.

Um diário físico, um arquivo no Word com senha, um blog privado ou alguns dos sistemas de diário online que existem por aí (sim, alguém já pensou nisso).

O teste que estou fazendo é no site Monkee gostei da forma em que consigo organizar os arquivos e fazer backup (melhor guardar em pelo menos dois lugares né?). A única parte ruim é que se você esquecer a senha já era, não há como recuperar de nenhuma maneira e eles deixam isso muito bem claro na hora do cadastro. Ah! É gratuito, mas eles recebem doação para manter o projeto no ar.

Mais alguma dica? Deixe aqui ⬇

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário