Maternidade

Eles sempre vão precisar do seu abraço

Quando bebês, eles precisam do seu abraço para crescer e se desenvolver da melhor forma possível. Seu abraço é um indicativo de que tudo está bem, que eles podes relaxar que estão seguros.

Quando forem um pouquinho maiores, já andando, ganharão o mundo. Vão querer descer do seu colo para explorar tudo ao seu redor. Você vai sentir um apertozinho no peito, mas fique tranquila e observe, volta e meia eles vão voltar e procurar seus braços, vão amar dormir ali e estar sempre que sentir necessidade. Seus abraços são uma mostra de que podem sair explorar e conhecer o mundo que sempre terão para onde voltar.

Quando crescerem mais um pouquinho, pode ser que o número de vezes que procurem seus braços diminuem, mas nem por isso estarão menos necessitados deles. Quando o mundo descortina pra eles e novos desafios começam a aparecer, seus braços, mais do que nunca serão um porto onde sempre poderão encontrar conforto e também uma bússula, onde poderão encontrar a melhor direção a tomar.

Quando eles tiverem um outro ser a quem dar os abraços, voltarão e precisarão dos seus. Neles eles vão dizer: hoje te entendo mãe, entendo o porque do seu abraço ser tão precioso. E seus braços são a maneira de você dizer que nunca estarão grandes demais para você e que em seu abraço também cabe esse novo ser, do qual chamará de neto, e que quando os braços dele estiverem cansados, encontrarão nos seus um amor duplicado.

Quando estiverem um pouco mais velhos, procurarão seus abraços, mas muitas vezes você precisará tomar a iniciativa, porque saberá que precisam. Eles são a cura para as dores da alma, para os machucados que o mundo faz, serão a calma da infância em uma vida adulta, serão de novo o acalento e o anunciar de novas esperanças. Seus abraços dirão que por mais que seja difícil, eles estarão ali para recarregá-los, para sustentá-los e mostrar a eles que o amor tudo pode, tudo vence.

No dia em que eles não puderem mais encontrar seu abraço, sentirão saudades, sentirão a falta que ele faz e então pensarão no porque não te abraçaram mais.

Por isso, vai lá, pegue seu filho no colo, o abrace, quantas vezes você puder, com todo o amor que tem no coração, dê a ele a certeza do seu aconchego.

Mas também vai lá, procure sua mãe, a abrace com força, com amor e com gratidão, e não precisa dizer nada não, ela entenderá…

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário