Vida e Cotidiano

Dia 07 – Efeitos duradouros derivam de ações constantes e graduais

A frase que dá título ao texto de hoje é de alguém muito sábio, mas infelizmente não sei quem é, apesar de ter pesquisado bastante, só encontrei como uma frase que vem naqueles biscoitinhos da sorte sabe?

Na verdade ela não veio de um biscoitinho da sorte desses. Eu até gostaria. Ela estava anotada em um material e eu a encontrei enquanto fazia o conteúdo da semana do Empreender Materno.

Dependendo do ponto de vista, pode até ter sido o destino a gente ter se cruzado. Vai que eu não peguei o biscoito da sorte na casa da minha mãe domingo quando comemos comida chinesa, ela deu um jeito de me encontrar né?

Vou acreditar nisso.

Bem, de certa forma essa frase veio bem a calhar por causa desse desafio aqui!

Vou relembrar você: ele existe para que eu comece o hábito de escrever todos os dias. Mesmo que seja um pouquinho. Mesmo que seja qualquer coisa. Mas que no fim se torne um hábito.

Aí eu tornei isso público, (como contei no post anterior, que você pode ler aqui), porque tornar público é uma forma da gente se comprometer mais com uma meta.

E confesso que essa parte tem funcionado muitoooo bem! Porque as pessoas me cobram e olha lá, isso me deixa feliz pra caramba.

Só que além de vir aqui escrever todos os dias, esse desafio tem me trazido muitos outros benefícios. Juro! Tem mudado a forma como tô encarando esse blog, tem me ajudado a fazer conteúdos para os outros projetos, me dado a oportunidade de refletir sobre diversos assunto, me fez ver como eu estava usando mal meu tempo entre outras coisinhas.

E eu tava aqui feliz pra caramba, quando encontro a frasezinha aí de cima no meu “biscoito da sorte imaginário.” E de certa forma, ela foi um balde de água fria.

Um excelente balde de água fria, diga-se de passagem.

Porque eu me empolgo demais com as coisas (leia sobre isso aqui).

E estou empolgada com tudo isso, mas não posso terminar esse projeto e voltar para a estaca zero. As coisas precisam continuar, e eu não posso ficar eternamente vindo aqui escrever todo dia nesse projeto. Se não né? Vocês vão sumir daqui!

Entendo que esse desafio seja o começo das minhas ações constantes e graduais, mas preciso pensar no depois, talvez planejar um outro desafio. Ou finalmente começar a escrever meu livro. Já pensou? Óia eu empolgada de novo! Mas quem sabe ele não seja o meu “efeito duradouro”?

Vou nessa porque ainda tenho que terminar o trabalho!

Até amanhã!

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário