Passeios, viagens e experiências

Ecoturismo com crianças: nossa viagem à Bonito/MS

Confesso que as palavras ecoturismo e crianças juntas não faziam muito sentido pra mim. Sempre achei que não era o tipo de turismo para se fazer com crianças pequenas, até que, no ano passado, a Bonito Way, uma agência especializada em Bonito/MS e Pantanal nos convidou para conhecer as maravilhas desse lugar com as meninas, a Isadora com 1 ano e meio e a Juju com 6 anos.

Foram quatro dias de viagem em família, em um dos lugares mais fantásticos que já conheci. Destino internacional bem perto da gente aqui no nosso Brasil, onde entramos em total contato com a natureza.

DSC020052

Confesso que fiquei com medo, se encontraria estrutura para curtir com as meninas, mas sim! Todos os passeios que fomos têm estrutura para quem vai viajar com filhos, com sistema de segurança bem instalados, o que deixou nossa família tranquila para desfrutar de tudo.

Claro que, nosso roteiro foi pensado também nas meninas. Então fizemos flutuação, trilhas mais leves e balneários e lá existem muitas opções para todos os tipos de aventureiros,  até mesmo para as crianças mais velhas, mas no nosso caso com a Isa com menos de 2 anos, os passeios foram mais tranquilos e nem por isso aproveitamos menos.

Como planejar

Todo viagem tranquila começa com um bom planejamento. Aqui somos meio loucos e nunca fomos muito de planejar viagens, mas como estávamos indo conhecer um lugar novo, contamos com a expertise da Bonito Way e de um amigo que conhece bem a região em indicar os melhores passeios para irmos com as meninas.

Mais do que saber o que fazer, em Bonito/MS e região é preciso saber quando e como fazer, isso porque os atrativos ficam longe um dos outros e o ideal é marcar atrativos próximos ou apenas um atrativo por dia para não ficar cansativo para as crianças.

DSC02122

Então por exemplo, no dia em que fizemos a trilha maior, passamos o restante do dia na fazenda, brincando na piscina, andando de canoa e brincando com as meninas. Em outros dias, foi possível conhecer dois atrativos em um dia só sem ficar cansativo e levando em consideração o tempo de deslocamento entre um local e outro.

Outra dica importante é que, todos os passeios são guiados por um Guia credenciado no MTur, por isso, não podem haver atrasos nas saídas. Está aí outro ponto importante na hora de planejar a viagem. Se for em carro próprio, olhar bem o mapa e se for com o transporte da agência, conferir bem as horas de saída.

O que levar

A bagagem é muito parecida com a que levamos quando vamos à praia: roupa de banho, protetor, boné ou chapéu, toalhas, saídas de banho, repelente, chinelo, brinquedos de água, bóias.

Não esquecer de um sapato fechado tanto para as crianças quanto para os adultos, pois há alguns atrativos em que ir de sapato fechado é obrigatório (precisa ser confortável).

Legal, mas não necessário, seria um snoker. E claro, máquinas fotográficas e capinhas para tirar fotos na água, se não tiver, lá na agência tem máquinas subaquáticas para aluguel.

DCIM100GOPROGOPR0019.

Lembrando que todos os equipamentos necessários nos atrativos são cedidos por eles, como coletes, snoker, roupas de mergulho, entre outros. Então por exemplo, quando fomos flutuar, eles cedem a roupa de neoprene, colete, snoker e sapatos apropriados e assim vai.

 

Para as crianças pequenas, recomendaria um carrinho para andar na cidade, mas para trilhas e passeios, um sling ou canguru.

Onde ficar

Opções não faltam para a hospedagem. Ficamos no Hotel Bonsai, um lugar super aconchegante, com muita natureza e estrutura para as meninas.

DSC02216

Nas trilhas

Para as trilhas em especial, algumas dicas:

  •  Procure saber sobre a trilha antes: informações de distância, segurança, suporte, tempo de percurso são relevantes e importantes para que você e sua família possam se preparar.
  •  Leve o mínimo de coisas possíveis: eu sei que quem tem crianças precisa levar umas coisinhas a mais, mas na trilha procure levar o mínimo de coisas possíveis para curtir ao máximo o trajeto. Nós levamos: protetor, repelente, uns biscoitinhos integrais, uma toalha e água.
  • Calçado confortável: para os adultos e crianças que irão fazer a trilha é importante escolher um calçado confortável, mas que também seja fácil de tirar e colocar (por causa dos banhos nas cachoeiras). Alguns passeios fazem a locação do calçado que pode ser usado na trilha e também pode entrar na água com ele.

IMG-20160508-WA0043

  • Bebê confortável: se houver crianças pequenas que serão carregadas no colo, recomendo muito o uso de um canguru ergonômico ou um sling para mais comodidade dos pais e segurança da criança. Os braços do adulto que carrega ficam livres para apoiar e segurar, se necessário e a criança fica mais à vontade.
  • Coração aberto: estar em meio à natureza é sempre muito gratificante, por isso, leve o coração bem aberto para curtir cada segundinho ao lado dos filhos, compartilhando dos novos conhecimentos adquiridos e experiências vividas.

Para curtir muito

  • Tire um dia para conhecer o centro de Bonito e é super válido um passeio à noite lá também.
  • Há restaurantes para todos os gostos lá.
  • Opte sempre pelo almoço do atrativo, mas crianças saem com muita fome dos passeios, além da comida ser deliciosa.
  • Todos os passeios em Bonito são comprados em agências de viagens, isso porque há um número limite de visitantes nos atrativos para não comprometer o meio ambiente, por isso, o ideal é já deixar todos os passeios comprados.

E com essa viagem nasceu um pacote especial que leva o nome do nosso blog (o Indiretas Maternas), com os passeios que fizemos durante a viagem que você pode ver aqui >> descubra.ms/indiretasmaternas

Estamos preparando um diário de bordo bem detalhado da viagem no nosso blog de viagens, o Roteiro Família.

Imagina que experiência maravilhosa as crianças vivenciaram? Acho que minhas palavras não vão conseguir expressar, então, confere o vídeo!

 

 

Viajando com Filhos para Bonito/MS | Bonito Way e Indiretas Maternas from Thiago Akira Ogura on Vimeo.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário