Passeios, viagens e experiências

Dicas para fazer trilhas com crianças

Em nossa viagem a Bonito/MS no pacote que a Bonito Way preparou carinhosamente pra nós, tivemos dois passeios em trilhas: na fazenda Ceita Corê e na Estância Mimosa que foram feitos em dias diferentes.

Antes de chegarmos nos locais fiquei pensando em como seria esse tipo de passeio com as meninas. Mais na Isadora, porque a Júlia já estava curtindo muito tudo e achou fantástico o fato de fazermos trilha.

Então, decidimos que ela seria carregada no trajeto no colo, com a ajuda do nosso canguru ergonômico para mais comodidade e segurança e durante o passeio ela desceria para curtir o lugar e as cachoeiras.

E foi perfeito! Revezamos entre o pai dela e eu e foi super tranquilo. Uma das coisas que mais observei foi a segurança do local, do trajeto, o preparo dos guias. Os dois lugares possuem o SGS – Sistema de Gestão de Segurança muito bem implementado o que nos deixou muito seguros e tranquilos para curtir cada momento.

É um passeio muito gostoso e renovador para a família toda. Para as crianças, uma oportunidade de conhecer e se integrar com a natureza, ter experiências únicas. Para os pais que curtem natureza é ainda mais gostoso, já que a família está ali toda junta.

Dessas duas experiências, tiramos algumas dicas pra você que está pensando em fazer uma trilha com crianças, confira:

– Procure saber sobre a trilha antes: informações de distância, segurança, suporte, tempo de percurso são relevantes e importantes para que você e sua família possam se preparar.

– Leve o mínimo de coisas possíveis: eu sei que quem tem crianças precisa levar umas coisinhas a mais, mas na trilha procure levar o mínimo de coisas possíveis para curtir ao máximo o trajeto. Nós levamos: protetor, repelente, uns biscoitinhos integrais, uma toalha e água.

– Calçado confortável: para os adultos e crianças que irão fazer a trilha é importante escolher um calçado confortável, mas que também seja fácil de tirar e colocar (por causa dos banhos nas cachoeiras). Alguns passeios fazem a locação do calçado que pode ser usado na trilha e também pode entrar na água com ele.

– Bebê confortável: se houver crianças pequenas que serão carregadas no colo, recomendo muito o uso de um canguru ergonômico ou um sling para mais comodidade dos pais e segurança da criança. Os braços do adulto que carrega ficam livres para apoiar e segurar, se necessário e a criança fica mais à vontade.

– Câmera protegida: não dá pra ir em um lugar desses e não registrar os momentos né? Então o ideal é levar ou uma câmera própria para água ou aqueles saquinhos próprios que protegem a câmera e ainda permitem tirar foto na água.

– Coração aberto: estar em meio à natureza é sempre muito gratificante, por isso, leve o coração bem aberto para curtir cada segundinho ao lado dos filhos, compartilhando dos novos conhecimentos adquiridos e experiências vividas.

Na volta da trilha, nos dois receptivos, havia um almoço maravilhoso, com aquele gostinho de fazenda e locais de descanso para repor as energias.

Além disso, sentimos total acolhimento por contar com uma estrutura que atende e respeita as crianças para momentos de cuidado, descanso e diversão.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário