Cotidiano

Como não desistir dos seus objetivos

Veja se reconhece a seguinte situação: você identifica uma meta, um objetivo ou um hábito que quer instaurar na sua vida. Identifica também quais são as ações que você precisa fazer para alcançá-la. Primeiro dia, a empolgação te levanta da cama e te leva a executar sua tarefa. Segundo dia, lembra de como foi bom o dia anterior e isso te motiva. Até que alguma dia ali na frente, você acorda um pouco mais cansada e faz uma concessão.

Passa mais alguns dias, acredita que não faz mal fazer mais uma e outra e quando vê já perdeu totalmente o foco naquilo e não levou para frente, não instaurou seu hábito e não atingiu seu objetivo. Acredite, isso pode virar um ciclo vicioso de anos, de meta atrás de meta, hábito atrás de hábito.

E eu aqui não estou falando de problemas reais, como uma doença, uma dor ou um problema alheio a sua vontade que pode ter surgido. Estou falando de uma certeza que nós temos de achar que, quando a gente faz uma concessão em um dia, ela só vai impactar aquele dia, que amanhã a gente recupera, e jamais pensamos em como esse: “só por hoje” pode ter consequências em uma vida inteira.

Eu também não tinha essa percepção. Até que lendo o livro O Milagre da Manhã, o autor, Hal Elrod, fala um pouco sobre responsabilização. Ele começa citando, como pessoas que conseguiram o que queriam, vamos citar como exemplo os atletas profissionais, os CEO’s de empresas, assumem um alto grau de responsabilidade. Você não os vê faltando aos treinos, ou executivos jogando nos celulares, há um comprometimento com aquilo, mesmo quando não há muita vontade de se executar. Ou o que muitos de nós conhecemos como disciplina.

E não é que o cara tem razão? Veja só! Recomecei minha prática de Yoga, mas bastou eu parar 2 dias de praticar (por desânimo mesmo) que esses dois dias se transformaram em 5 e eu nem vi, quando me vi já tinha perdido totalmente a vontade. E retomar está sendo muito mais difícil e trabalhoso.

Isso porque, nosso querido cérebro trabalha contra a gente nesse quesito, pra ele é trabalhoso inserir um novo hábito, mudar de direção fazer algo novo, porque é muito mais cômodo fazer as coisas sempre iguais. Ele gasta muito menos energia dessa forma. Então cabe a nós, bem racionalmente e com uma dose extra de vontade, ir empurrando até ele entender que você não vai desistir e se tornar um hábito, o que dura de 21 a 60 dias segundo os especialistas dependendo da pessoa e da mudança que o hábito trouxer para sua vida. Mas depois vale a pena.

Bem, mas então, como resolver isso? Como ter força de vontade e energia para repetir as ações, para ter responsabilidade e disciplina com as coisas que nos propomos a fazer?

O autor do livro dá uma ideia bem legal que eu já vinha implementando em algumas áreas da minha vida: ter um parceiro de responsabilização, que pode ser um coach, um mentor, amigo, colega de trabalho, alguém da família. Uma pessoa que também esteja comprometida com aquela tarefa. Além de te ajudar a atingir suas metas vai fazer o processo ficar mais leve e divertido.

Ah! E quer saber porque isso funciona? Hal Elrod explica que, durante a nossa vida toda, infância e adolescência, é a responsabilização que os adultos possuem sobre nossas vidas que nos levam a crescer de modo saudável e seguro. É o fato deles trabalharem para que a gente coma certo, durma na hora, estudamos. A responsabilidade nos é imposta. Aos 18, a maioria de nós quer a liberdade e tomamos aversão pela disciplina que, muitas vezes nos foi passada e ensinada, então quando temos um parceiro que nos lembra como nossos pais faziam, temos a tendência de sermos mais disciplinados.

Bom, que faz sentido faz!

Veja também

1 Comentário

  • Reply
    Ailton Abreu
    13 de setembro de 2018 at 08:43

    Muito bom este artigo Barbara. Tambem vi o seu video sobre como não desistir do Milagre da Manhã. De fato, requer um bocado de força de vontade e auto disciplina. Aqui em casa estamos fazendo em familia e um da suporte ao outro. Ajuda! Então, certamente, alem dos benefícios futuros, a busca pela prática do milagre diariamente já é em si uma mudança de postura e atitude perante a vida. Sinal de que queremos ser e estar melhores. Entao, estou muito feliz por estar fazendo e estou convicto que se tornará um hábito da nossa familia. Gratidao!!!

  • Deixe um comentário