Para conhecer

Como eu era antes de você de Jojo Moyes e demais livros da sequência

Existem livros maravilhosos. E existem aqueles livros que, além de maravilhosos, deixam uma marca na gente, uma marca diferente dos outros, independente do quanto bem escritos possam ser.

Como eu era antes de você foi um desses livros pra mim. Eu já tinha ouvido falar dele, do filme, mas ainda não tinha me aventurado em nenhum dos dois e quando resolvi ler, já sabia mais ou menos o que me esperava, inclusive sabia até o final, mas nem por isso a leitura deixou de ser emocionante, linda e marcante.

Tudo começa quando conhecemos um pouco de Will antes do acidente. Vemos, nas poucas palavras do prólogo, tudo que precisamos saber sobre ele: bonito, rico, ativo, aproveita muito bem tudo o que a vida oferece. Adora aventuras e namora uma moça linda chamada Alicia.

Mas em um instante, tudo muda. Atropelado por uma moto, ela fica tetraplégico aos 35 anos sem chance de melhora.

Dois anos depois de estar nessa condição, conhecemos Louisa Clark. Aos 26 anos, ela é o oposto de Will, não tem muitas ambições, não arrisca e não tem a mínima ideia do que quer. Mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Mas depois que o café fechou as portas, ela acabou indo trabalhar como cuidadora, claro de Will. E vemos começar uma relação meio aos trancos e barrancos pela aspereza com que ele leva a vida depois do acidente e isso se dissolver com o tempo, quando ele encontra em Lou uma incrível energia e vontade de viver, ao mesmo tempo em que se depara com uma pessoa que é seu oposto e quer ajudá-la a ser mais, porque ele acredita que ela pode e deve ser muito mais.

Nos deparamos com a construção dessa amizade e depois desse amor que é muito precioso e emocionante, passamos de meros expectadores para participantes dessa história, torcendo, vibrando, rindo, chorando e ficando com raiva também.

Os laços criados vão muito além de qualquer aparência, são profundos e íntimos. Eles se tornam confidentes. Um pode confiar ao outro seus segredos, erros e vergonhas mais profundas. Apesar disso, Will esconde de Louise que quer dar fim à própria vida e ela corre contra o tempo para tentar fazê-lo mudar de ideia.

A leitura é uma delícia e a gente quer devorar o livro de uma vez. E é impossível não se apaixonar pelos personagens, tanto pela protagonista, quanto pelos secundários, a construção de cada um deles foi muito bem feita, o que causa um impacto enorme na gente diante de cada acontecimento.

Ao seu final, fiquei um tempo sem conseguir ler a sequência. Aliás, fiquei alguns dias sem conseguir ler nada tentando digerir todos aqueles sentimentos e mesmo que tenham sido, em um início difíceis e tristes, com o passar do tempo, fiquei muito grata em poder ter lido essa história.

Depois de você – Segundo livro

Atenção: a partir daqui tem spoilers do primeiro livro.

Depois que acabei de ler Como eu era antes de você me senti órfã! O livro mexeu tanto comigo que, mesmo sabendo da continuação, eu não tinha condições de prosseguir. Precisava, primeiro digerir aquela história que me arrancou tantas lágrimas e me fez pensar tanto sobre imprevisibilidade da vida.

Passado algum tempo comecei a leitura de Depois de você que se passa dois anos depois dos últimos acontecimentos do primeiro livro.

E quando a gente pensa que vai lidar com uma Lou tendo uma vida bem diferente, vemos que, aparentemente, pouca coisa mudou. Ela rabalha no bar de um aeroporto e passa o dia todo vendo outras pessoas voarem para novos lugares. Mora sozinha em um apartamento que comprou com o dinheiro que Will deixou, mas nem de longe se sente em casa. Fez todas as viagens e conheceu todos os lugares que ele indicou, mas algo não se encaixa e ela ainda não consegue seguir sua vida da forma que pensou e nem sabe se um dia vai superar ter perdido o amor da sua vida.

Mas coisas novas estão por vir, boas surpresas no caminho e quem sabe até um novo amor. Pessoas que ela nunca imaginaria que pudessem existir batem na sua porta e que mudarão pra sempre e de novo sua vida. Lou, que frequentemente se sente mal por não conseguir levar a vida que prometeu a Will se vê diante de novas escolhas. Mas se aprendemos alguma coisa sobre essa personagem é que ela e leal ao seu coração.

Não me emocionei tanto quanto no primeiro, mas vale demais a leitura, principalmente quando se aproxima do final, a história tem um clímax que nos leva, cheios de curiosidade, ao próximo livro.

Ainda sou eu – Terceiro livro

Atenção: a partir daqui tem spoilers do primeiro e segundo livro.

Diferente do que aconteceu quando eu acabei de ler Como eu era antes de você, consegui passar do segundo para o terceiro livro com bastante facilidade. Aliás, eu estava doida para ler e descobrir como as coisas estariam.

Este acabou sendo meu segundo livro favorito da trilogia. Apesar de ficar com medo do que resultaria as escolhas de Louisa, como recomeçar sua vida em Nova York e tentar um relacionamento à distância, ela faz com que a gente se apaixone ainda mais por ela e por seu coração.

E por mais que a gente não entenda a relação que ela estabelece com a filha de Will, não poderíamos pensar em Lou agindo de uma outra forma.

O mesmo acontece com Sam , e vamos fazer uma pausa. Sam, o novo namorado de Lou, na minha opinião seria tudo que Will desejaria pra ela. E é apaixonante. Achei que a autora acertou demais nesse personagem.

Mas voltando, quando ela chega em NY, achamos que ela acaba se envolvendo em confusões que poderia evitar, quando por exemplo, começa a trabalhar para uma família muito rica, os Gopnik e se vê totalmente naquele mundo jogando o jogo deles e se vendo obrigada a guardar segredos que não são dela, mas que podem mudar seu destino.

Em meio a tudo isso, ela conhece Joshua que, por sua aparência a leva de volta a seu passado, ele é a cara de Will e balança nossa Lou. Ao mesmo tempo seu namorado tem uma nova colega de trabalho que não deixa o coração de Lou tranquilo, comecei a sofrer aí, mas convenhamos, as coisas sempre entram nos eixos, talvez não do jeito que imaginamos, mas do jeito que precisam entrar.

A leitura nos envolve de um jeito que não dá para parar. Mexeu novamente comigo de uma forma única. Lou é bem diferente da do primeiro livro, mas ainda é ela e ela sabe o que fazer e mesmo com tudo que aprendeu e em quem se transformou, é fiel aos seus valores.

No fundo, toda a trilogia nos faz olhar para as nossas próprias escolhas e refletir o quanto elas estão atreladas a quem somos de verdade.

Lou sabe quem é e a autora soube dar uma sequência maravilhosa e condizente com essa personagem que vai ficar para sempre com a gente. ❤️

Compre Como eu era antes de você na Amazon!

Compre Depois de você na Amazon!

Compre Ainda sou eu na Amazon!

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário