Vida e Cotidiano

Como estou usando o Todoist para me organizar no momento

Eu já falei aqui do Todoist pra vocês, é um gerenciador de tarefas super prático e intuitivo. No post passado eu mostrei algumas maneiras que você pode usar o Todoist para se organizar. Mas talvez uma das coisas que eu mais gosto nele é sua versatilidade.

Mesmo na versão gratuita, você consegue customizá-lo de diversas formas, e claro que na versão paga, essas possibilidades se ampliam.

Já o usei de diversas formas. Já voltei ao modo antigo, já testei novos. Acho que tudo depende do momento, do que preciso dar ênfase, mas aprendi ao longo do tempo que o foco sempre seria deixá-lo o mais simples possível e ir direto ao ponto no dia a dia.

Com isso, comecei a dar ênfase logo de cara nos contextos e não nos projetos, inverti a ordem, ficando assim quando eu abro a tela:

Então logo de cara, com um clique já listo as tarefas que tenho que fazer no contexto em que estou. Lembrando que os contextos são dinâmicos, em determinados momentos que estou trabalhando, por exemplo com uma pessoa, eu crio um contexto para resolver coisas com ela, excluo contextos que não se encaixam mais e por aí vai. Dessa forma ficou muito mais fácil fazer isso também.

Claro que, muitas vezes, eu estou em contexto trabalhando, mas focada em um projeto e aí gosto de ter um visão de tudo que tenho que fazer nele, acaba sendo mais produtivo. Para solucionar isso, coloquei os nomes dos projetos ou áreas da vida nas etiquetas, ficando fácil reunir o que precisa ser feito em cada um deles.

As Rotinas e os Checklists são listas de verificação apenas. Gosto de ter sempre à mão para ver se não estou esquecendo de nada. Nas rotinas entram as tarefas rotineiras por frequência e por áreas da vida, mas juntas o que preciso fazer em todos os contextos. Mas Bárbara, e como você executa? Algumas tenho pregado na casa e outras se são muito espaçadas coloco lembrete a agenda, mas a maioria é rotina mesmo, a gente faz meio que no automático. Claro que, manter a lista em fácil acesso ajuda a gente a acompanhar e não esquecer de nada.

Nos checklists entram situações específicas e o que tenho que fazer em cada uma delas, por exemplo, checklist da revisão semanal, de arrumar uma mala de viagem, de como divulgar um novo projeto e etc. Servem para poupar tempo e ajudar a gente a não esquecer de nada.

Aí vem os Projetos que estão separados das tarefas. Dentro deles eu coloco as próximas ações, links para informações relevantes e etc, nesse caso eu uso as notas das ações que só tem na versão paga. Lembrando que nesse caso projeto é todo objetivo que demanda mais de uma ação. As tarefas de cada um deles, assim que eu as defino, vão para os contextos corretos acima.

Projetos em planejamento é uma coisa que eu fiz, porque me ajuda a ter uma ideia da fila e me facilita na hora de tomar decisões e de colocar um novo projeto para rodar. Nele, estão aqueles projetos prontos, mas que preciso de uma sobrinha de tempo para colocá-los em prática.

E aí vem a famosa listinha de compras que coloquei solta porque sempre me esquecia de olhar pra ela quando estava na rua e é compartilhada com o marido.

Na lista de Algum dia/Talvez ficam as ideias incubadas. Nela eu tenho subseções que facilitam o acesso na hora de olhar o que pode ser colocado em prática ou descartar. Ali fica tudo que quero fazer ou tenho que pensar melhor a respeito, mas que  não dá pra fazer no momento, mas que precisam sair da nossa cabeça.

Por fim, as Áreas de foco estão ali apenas para consulta, ainda preciso desenvolver melhor essa parte, mas gosto de consultá-las com frequência, sempre vejo que o barco tende para um lado em alguns momentos e tento pensar em estratégias para equilibrar melhor todos os papéis.

Da mesma forma acontece com os Objetivos, estão ali para me lembrar para onde devo remar.

Só relembrando que no Todoist só entram as tarefas sem data de execução, os compromissos ou aquelas atividades que preciso fazer em um determinado dia vão para a agenda!

Ficou alguma dúvida? Posso ajudar em algo mais? Só deixar aqui nos comentários que terei o maior prazer em responder.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário