Cotidiano

2 anos de blog

Percebi, um pouco tardiamente, que no dia 01 de fevereiro, este blog completou 2 anos. O tempo voou, lembro do dia em que o coloquei no ar, lembro quantas indecisões foram de lá até aqui. Será que valia fazer um blog que resgatasse as ideias originais dos blogs enquanto todo mundo está se especializando e nichando?

Eu mesma sempre nichei meus blogs, sempre procurei deixá-los cada vez mais profissionais e ter esse espaço era meio que voltar para o início. Muita gente me perguntava o porquê. E apesar de sempre escrever com verdade nos outros espaços, faltava sempre alguma coisa.

E este blog é isso! É a concretização de um projeto, mas principalmente é um lugar que eu gosto de estar. É aquele lugar que a gente se sente em casa, em paz, com pessoas de bem.

Nesses dois anos, eu fiquei muitas vezes muito tempo sem escrever e postar nada. Eu achava que se eu criasse uma obrigação de escrever, eu minaria a vontade. Deixaria de ser leve.

Mas eu estava enganada. Enganada porque é o fato de ter o compromisso de escrever que faz a coisa toda funcionar e ficar cada vez mais prazerosa. É criando conteúdo que a gente impacta na vida de alguém, que conhece alguém, que se aproxima de alguém.

E quantas vezes eu reclamava de não conseguir escrever, de não conseguir produzir, e esquecia daquela história né: “a inspiração existe, ela só precisa te encontrar trabalhando”.

Então de um tempo para cá tem post sim toda semana, tem trabalho também neste espaço sim! Tem conteúdo, tem experiências, tem impressões, tem os erros e os aprendizados e eu fico muito feliz que você esteja aqui para que eu possa dividir tudo isso com você!

Não fiz nenhuma comemoração especial, mas agradeci muito a oportunidade de estar aqui. E como eu disse no primeiro post desse blog: escrever pode salvar alguém, mas também pode ser para salvar a gente mesmo! Parei de procurar os motivos para não se ter um blog e me agarrei em um motivo para se ter um, e isso fez toda a diferença.

Veja também

Sem Comentários

Deixe um comentário